Badisch-Südbrasilianische Gesellschaft
 

 

Interesse por aulas de alemão em Santa Catarina vem aumentando

Karlsdorf-Neuthard 21.01.2010-
O aumento dos laços culturais e comerciaais entre alemaes (Baden) e brasileiros vem despertando cada vez mais o interesse pelo aprendizado da língua alemã em Santa Catarina. Atualmente já existem algumas entidades privadas em Santa Catarina que oferecem cursos de alemão.
Em recente visita à Karlsdorf-Neuthard, estiveram a professora de alemão de Brusque, Clari Wehrmann e dois alunos, Jairo Imhof (com antecedentes em Karlsdorf) e Eder Luiz Maestri (decendente da Fa. Kohler, também oriunda da antiga Região de Bruchsal). A professora de alemão leciona para 60 alunas e alunos em Brusque. A idade dos alunos varia entre 10 e 60 anos.
Os tres jovens brasileiros foram hospedados por uma família de Neuthard e ao lado da diversificada programação, realizaram o desejo de participar de um ensaio da orquestra de Karlsdorf, a qual conheceram em Brusque durante a sua turne. Após o ensaio, seguiu-se uma animada conversa com representantes da Badisch-Südbrasilianischen Gesellschaft e.V. (BSG). Para o próximo ano será examinada a possibilidade de alunos de alemão brasileiros participarem por alguns dias das aulas em nossas escolas. Egon Klefenz comentou que algumas escolas estaduais catarinenses incluíram o ensino da língua alemã em seus currículos. Em paralelo já existe um grande esforço por parte da BSG em levar o Instituto Goethe para Santa Catarina, projeto esse já autorizado pelo escritório central do Instituto, localizado em Munique.


 

Ao centro a professora Clari Wehrmann com os alunos Jairo Imhof e Eder Luiz Maestri
 


notícia anterior próxima notícia
voltar ao topo
 
 
    Version 2.85  vom  22.07.2021
© 2021 Badisch-Südbrasilianische Gesellschaft e.V.