Badisch-Südbrasilianische Gesellschaft
 

 

Ampliadas as bases para aulas de alemão no sul Brasil

Karlsdorf / Guabiruba 28.05.2010 - A língua alemã no sul do Brasil está tomando maior importância. Além das iniciativas do setor privado existe agora, graças ao empenho da BSG, uma nova oferta para o aprendizado da língua nas escolas e para adultos. Para tanto um longo longo caminho foi percorrido. Desde a sua fundação em março de 2007, a BSG tinha como objetivo coordenar e fortalecer ainda mais os já existentes laços entre as entidadades comunitárias do norte de Baden com os descendentes de imigrantes nos três Estados Sulbrasileiros. A BSG se vê como contato para perguntas relacionadas aos fatos da época da emigração e histórias familiares. Através de diversas ações pretende despertar o interesse por essas histórias e o rumo que os emigrantes e descendentes de Baden tomaram no Brasil.
 
O presidente da BSG é o ex-prefeito de Karlsdorf-Neuthard, Egon Klefenz , o qual tem importantes contatos em órgãos do governo e diversas entidades. Também os inúmeros amigos brasileiros, oportunizaram desde o início promissores contatos.
Ponto alto desta parceria será a festa alusiva aos 150 anos de Imigração de Baden para o Brasil, a ser realizada de 3-7 de Novembro de 2010, na cidade de Brusque.
 
Outro ponto alto deste trabalho em conjunto foi anunciado por Egon Klefenz na última reunião de diretoria. Após vários contatos está confirmado que o ensino da língua alemã em Brusque e Guarbiruba ganhará em qualidade. A intensa troca de correspondência com o Ministério das Relações Exteriores, com o gabinete do Ministro do Exterior Guido Westerwelle, assim como com dirigentes do Intituto Goethe, trouxe os resultados esperados. O diretor do Instituto de Ensino Internacional, sediado em Porto Alegre e o chefe da Agência Central para as Escolas no Exterior(ZFA) em São Paulo, deram a boa noticia à Valdir Riffel, presidente da ACIC, durante uma reunião na Câmara Municipal de Guabiruba : o ensino da língua alemã em parceria com entidades culturais locais está assegurada. A partir do próximo ano os cursos de alemão não serão mais somente oferecidos por entidades particulares. Nas séries iniciais das escolas locais e em cursos noturnos para adultos, o ZFA disponibilizará e financiará os professores de alemão. Segundo Klefenz, este foi o tiro de largada no longo caminho para a ampliação do ensino da língua alemã em escolas públicas no Sul do Brasil. A BSG acompanhará o desenvolvimento deste projeto e se empenhará em buscar o necessário apoio político.
 


notícia anterior próxima notícia
voltar ao topo
 
 
    Version 2.85  vom  22.07.2021
© 2021 Badisch-Südbrasilianische Gesellschaft e.V.