Badisch-Südbrasilianische Gesellschaft
 

 

Diário de Notícias no Rio Grande do Sul reporta sobre descendente de Karlsdorf


 

16.03.2008 - Gostaríamos de chamar a atenÇão a esta reportagem do jornal "Zero Hora", maior Diário de Notícias do Rio Grande do Sul, publicado no Sábado 08.03, noticiando sobre a grande seca que vem castigando o Estado do Rio Grande do Sul e citando o nome de José Riffel, bisneto de um emigrante de Karlsdorf / Baden chamado Dominik Riffel.
 

Agricultores cobram socorro contra a seca
 


 
Santo Cristo : Silvana de Castro
 
Plantações de soja com grãos pequenos e espigas de lavouras de milho pouco desenvolvidas em razão da falta de chuva foram vistoriadas ontem pelo Ministro de Desenvolvimento Agrário Guilherme Cassel. No Estado, segundo a Defesa Civil, 49 municípios no Estado Já decretaram situação de emergência devido a estiagem.
 
O ministro esteve em Santo Cristo, para a abertura da 1. Mostra da Agricultura Familiar e aproveitou para conferir os estragos que a estiagem causa principalmente no noroeste e norte gaúcho. Cassel levará para Brasília uma pauta de reivindicaÇões dos pequenos produtores rurais. Agricultores familiares querem principalmente maior agilidade nas perícias nas lavouras para o recebimento do seguro agrícola, a extensão do seguro para o custeio na pecuária e a liberação de verba emergencial para aqueles agricultores que não fizerem seguro para suas lavouras. Cassel avisa que a pauta será examinada.
- A situação é grave, não há seca generalizada, mas bolsões de estiagem, tanto no milho quanto na soja. Nosso principal remédio para isso é o seguro da agricultura familiar, disse o Ministro ao olhar a situação da lavoura da família Riffel, em Linha Salto, no interio do município.
A família tem perdas de 80% nos 3 hectares de milho e 70% nos 10 de soja. Nos ultimos 45 dias, choveu apenas 30 milímetros na localidade. Nesta semana, pedimos uma vistoria nas lavouras que foram financiadas e têm direito a seguro. Os Riffel querem aproveitar o que está perdido na plantação de milho e transformar a planta em silagem para alimentar o gado, já que as pastagens também sofreram com a seca.
 
Família Riffel passou por três estiagens.
 
- Aqui, volta e meia dá uma seca. Em cinco anos, passamos por três - contou Wilson, que trabalha na lavoura ao lado dos pais José e Leonilda.
Na safra de 2004/2005, os Riffel perderam toda a produção de soja. Agora, eles assistem a repetição do fenômeno, observando a reduzida formação de vagens em cada pé. As poucas plantas ainda vistósas resistem graças as diferenças de solo na mesma propriedade.
O ministério quer acelerar o processo de vistorias em lavouras financiadas e que tem direito ao ressarcimento pelo dano. Segundo Cassel, a perspectiva é de que nas próximas semanas agricultores com perdas acima de 30% estejam com laudos prontos para terem acesso ao prêmio do seguro. Para isso, o ministério conta com o apoio do Emater que teve de reforçar a equipe de técnicos na regiões onde os prejuízos com a falta de chuva são piores. - Como são regiões isoladas, vamos deslocar técnicos para atendermos toda a demanda - explicou o presidente da Emater, Mário Nascimento.
 


 

Casal Riffel já calcula perdas de 70% nos 10 hectares cultivados de soja.
 


notícia anterior próxima notícia
voltar ao topo
 
 
    Version 2.87  vom  20.12.2021
© 2021 Badisch-Südbrasilianische Gesellschaft e.V.